Estamos de volta!

Mudamos a linha editorial
O tom crítico continua
Mas falaremos apenas
Daquilo que vale a pena falar

Exclusivo!

Vereador ignora decisão do TCM

Novidade

terça-feira, 30 de maio de 2017

Heliópolis na TV Bahia e a farsa de Zé da Cobra

A polêmica em torno dos três rapazes que foram desmascarados em Heliópolis por policiais militares está longe de ter fim. Nesta terça-feira, a TV Bahia, afiliada da Rede Globo, tratou do assunto, mostrando vídeo postado no blog do Rodrigo Ferraz. A reportagem exibida no programa Bahia Meio Dia detalhou a ação dos infelizes e o posterior desbaratamento dos policias militares. Ao final, questionou a ação dos policiais afirmando que os mesmos haviam cometido erros por punir os meliantes. Disse a reportagem que a punição deve ser imposta por um juiz. O vídeo aqui postado é uma colaboração do José Macedo Sousa.
Embora tenha razão o que disse a TV Bahia, ficou no ar a ideia de que os meliantes foram os injustiçados da história. Numa região onde a Justiça trabalha a passos de cágados e uma sentença demora anos para acontecer, muitos moradores aplaudiram os policiais. É raro conversar com algum morador de Heliópolis que não parabenize a ação da Polícia Militar. O povo está indignado por ter sido o seu bom coração traído pelos seus próprios irmãos. “Se eles tivessem dito que estavam desempregados e precisando, nós colaborávamos do mesmo jeito. Não precisava mentir!”, afirmou uma moradora.
O Landisvalth Blog então procurou saber que eram os rapazes envolvidos na tramoia. Descobrimos que dois são da família de um morador no povoado Tabuleirinho, em Poço Verde-Se. É o conhecido Zé da Cobra, que ganhou a alcunha por criar uma cobra em casa. Ele morava no povoado São José, também em Poço Verde, e saiu de lá exatamente por praticar a mesma farsa. Zé da Cobra tem um irmão realmente doente, necessitando de uma cirurgia, e saia por aí pedindo ajuda para realizar o procedimento. Só que nunca fez nada. Descobriu, na verdade, um meio fácil de vida e faz isso até hoje. Dos três garotos, um é filho dele e outro é neto. Eles tentaram realizar uma farsa mais eficiente e se deram mal. 
Conversando com moradores do povoado, confirmaram a história e estão revoltados com a má fama que agora vai ganhar a localidade. Um estudante que pediu para não ser identificado chegou até a dizer que quem chegasse na casa de Zé da Cobra não diria que se trata de um miserável. “Eles se aproveitam da bondade do povo e todo o alimento arrecadado é vendido. Saiu do São José para manchar a nossa comunidade.”, afirmou. Zé da Cobra vem praticando falsa mendicância há muito tempo nas cidades e povoados da Bahia e Sergipe. Sabendo disso, vai ficar difícil o povo de Heliópolis condenar a ação dos policiais.