Exclusivo!

Novo Triunfo é a cidade mais pobre do Brasil

Novo Triunfo é a cidade mais pobre do Brasil (foto: Google) Ser Nordeste duas vezes não é fácil. Nossa região está localizada no Norde...

Novidade

terça-feira, 6 de junho de 2017

Moradores de Umbuzeirão sofrem com agrotóxicos

Moradores de Umbuzeirão, em Poço Verde, sofrem com agrotóxicos (foto: J. Trindade)
     Em reportagem de Melissa Diniz, do portal UOL, ficamos sabendo que cada brasileiro consome 7 litros de agrotóxicos por ano. Certamente, os moradores da localidade de Umbuzeirão, município de Poço Verde, devem estar consumindo muito mais. O povoamento fica ao lado da propriedade do agricultor Arnaldo Araújo, que usa constantemente agrotóxicos. Segundo informações da estudante Josefa Joilma, uma moradora que vive ao lado da propriedade do sr. Arnaldo, Dona Iolanda, passou muito mal e chegou a ser hospitalizada em Poço Verde. Também as crianças apresentam muitos sintomas típicos do excesso de agrotóxicos e três delas foram parar no hospital.   
     A reportagem de Melissa afirma que o pensamento comum é de que frutas, legumes, grãos, cereais e outros alimentos naturais viram um banquete de nutrientes e vitaminas que se transformam em mais saúde para o corpo. Seria perfeito mesmo, não fosse a presença de ingredientes adicionados à grande maioria deles ainda na terra: os agrotóxicos. E é exatamente isso que faz o Sr. Arnaldo Araújo, e quase todos os agricultores. Em épocas de inverno generoso, a produção de milho em Poço Verde é a maior do estado de Sergipe e o uso de agrotóxicos tem ajudado na produção. Ocorre que, quando o ser humano é afetado, a história tem que mudar. 
Dois cães já morreram vítimas dos agrotóxicos (foto: J. Trindade)
     Estas substâncias químicas são usadas aos montes na agricultura brasileira, a tal ponto que, desde 2008, o Brasil ocupa o posto de campeão mundial no uso de agrotóxicos para manter as pragas longe das lavouras, segundo dados do Ibama. Só que, além de matar pragas, o veneno também mata pessoas e animais. O estudante José da Trindade Silva informa que dois cães já morreram e um está muito doente. "É claro que as pessoas estão sendo contaminadas e é preciso fazer algo urgente.", disse José. 
     Se de um lado o agronegócio progride com a garantia de colheitas sem prejuízos, por outro nos tornamos consumidores de substâncias desconhecidas, muitas delas consideradas, inclusive, cancerígenas. Um levantamento da Fundação  Oswaldo Cruz aponta que cada brasileiro consome, em média, 7 litros desse veneno por ano. Isso é a realidade do consumidor final do produto. Agora, e quem mora ao lado? Os moradores de Umbuzeirão querem uma solução rápida das autoridades.